Mais um ano, mais um (re)começo.

Por esta altura acolhemos as nossas crianças na nossa instituição. Algumas voltam após um período de férias, enquanto outras chegam pela primeira vez. Em ambos os grupos, sentimos-lhes a ansiedade, dúvidas e receios. Procuramos confortar da melhor forma possível, como sabemos, com afetividade, tranquilidade e com a certeza de que tudo faremos para que este novo ano seja inesquecível. Nesta fase, as crianças e as suas famílias precisam de acolhimento, de sentir a harmonia da escola. Planeamos a adaptação para que pais e crianças relembrem este momento como o início de uma bela relação de amizade e de companheirismo. Neste período, dos familiares, tentamos perceber as expectativas, enquadramos as suas sugestões no funcionamento da instituição e promovemos a troca de ideias para melhor conhecermos a criança. O nosso compromisso para com as crianças é assegurar-lhes que esta fase de adaptação é o início de um dos caminhos mais bonitos que irão percorrer, uma aventura preenchida com sorrisos e grandes aprendizagens. Por estes dias, nem sempre é fácil aos familiares e às crianças terem este horizonte em perspetiva. O momento em que os familiares se separam das crianças muitas vezes torna-se doloroso, às vezes angustiante, para ambos. Mas na nossa instituição, à semelhança de muitas outras, não faltará o colo, os abraços e palavras amigas de conforto. Acreditamos que em breve este momento de separação será preenchido com um sorriso e expectativa de um dia preenchido por brincadeiras e divertidas aprendizagens. Durante a fase de adaptação à escola, a nossa missão educativa foca-se no bem-estar da criança, em promover e assegurar a socialização com os seus pares e adultos. Posteriormente, estaremos então em condições de nos focarmos no seu desenvolvimento cognitivo, psicomotor e afetivo. Na nossa prática pedagógica atendemos à individualidade de cada criança, respeitando o seu tempo e o seu espaço, preparando-as para a vida futura em sociedade. É também nossa pretensão desenvolver um trabalho colaborativo, de cooperação e articulação com a família e sociedade. A colaboração entre a escola e a família não se deve esgotar nas atividades pontuais e de caráter extraescolar, mas sim numa intensa atividade de corresponsabilização e de coordenação educativa. Que seja um excelente ano letivo para todos, para as crianças, para as suas famílias e para toda a comunidade educativa. Diretora Técnica/Educadora de Infância Ana Rebola.

Rua Trindade Coelho nº8
Apartado 1109
2401-801 Leiria