Santa Casa e PSP sensibilizam condutores para uso correcto de cadeirinhas

Acção Sensibilizar os pais para o uso correcto das cadeirinhas de transporte de crianças foi o objectivo da acção de sensilização, realizada na segunda-feira, numa organização da Santa Casa da Misericórdia e da PSP.

A Santa Casa da Misericórdia de Leiria (SCML), em colaboração com a PSP realizaram, na passada segunda-feira de manhã, uma acção de sensibilização junto ao Centro Escolar dos Parceiros para o uso correcto dos sistemas de retenção (cadeirinhas) de transporte de crianças.

Passavam poucos minutos das 08h15, quando duas patrulhas da PSP e o provedor da SCML, Carlos Poço, começaram com a segunda edição da iniciativa, que visa a sensibilização para o uso correcto das cadeirinhas dentro e fora das localidades.

Munido de um saco, que continha no interior alguns brindes, o provedor da SCML dirigia-se para as viaturas que seguiam em direcção ao Centro Escolar dos Parceiros e que eram mandados parar pela polícia.


Depois dos agentes da autoridade verificarem se o sistema de retenção era o mais dequado
para o transporte de crianças e de alertarem os condutores que estavam a infligir a lei, o provedor Carlos Poço aproximava-se junto as viaturas e ia distribuindo os brindes e o jornal Diário de Leiria, parceiro na acção.


Segundo Carlos Poço, a iniciativa, à semelhança da realizada no ano passado, teve como objectivo precisamente a “sensibilização dos pais” para o uso correcto da cadeirinha, numa acção “que se pretendeu ser didáctica, mas sobretudo de alerta”. “O que se passa é que
em muitos casos o uso da cadeirinha não é a mais correcta.


Nuns casos por desconhecimento e, noutros, por desleixo. É necessário as pessoas estarem
informadas e formadas sobre o uso adequado daquele equipamento. É esta mensagem que estamos a passar, porque a segurança das crianças é essencial”, explicou Carlos Poço, adiantando que a instituição a que preside “tem também um papel fundamental na prevenção e sensiblização” da população. “É muito importante e essencial a segurança das crianças quando circulam nas viaturas, daí que a acção que realizámos hoje [segunda-feira] tenha exactamente uma vertente de sensibilização e ao mesmo tem po pedagógica”, sublinhou o provedor, que esteve acompanhado na acção pelo administrador da SCML, Diogo Batalha.

A importância da utilização correcta das cadeirinhas foi igualmente partilhada por Abel
Batalha, oficial no Comando Distrital da PSP de Leiria, lamentando que, mesmo assim,
alguns pais “ainda não percebam” a necessidade da segurança das crianças nos veículos.
“Um dos carros que mandámos parar, a cadeirinha da criança estava na bagageira. É a lógica do facilitismo e, nestes casos, não podemos dizer que é por desconhecimento ou por
falta de informação. Independentemente das pessoas morarem perto das escolas, as crianças têm de ser transportadas em segurança”, alertou o oficial da PSP de Leiria.
Arineide Santos transportava os dois filhos na viatura e foi uma das condutoras que recebeu ordem de paragem da PSP, no âmbito da acção de sensibilização que considerou “boa”. “Fiquei a saber que as cadeirinhas onde transporto os meus filhos não são as indicadas, mas eu achava que sim. É bom e importante que se realizem estas acções porque, por vezes, pensamos que estamos a garantir a segurança, mas na realidade não estamos”, afirmou Arineide Santos, que diariamente se desloca ao Centro Escolar de Parceiros para deixar um dos filhos.


Cláudia Vala, outra das condutoras mandada parar pelas autoridades e que incorria numa infracção, considera importante a realização das acções. “É sempre importante este tipo de iniciativas, para que as crianças sejam transportadas em segurança, ao mesmo tempo que serve de alerta para os pais”, frisa a mãe de uma menina que também frequenta o Centro Escolar de Parceiros.

 

Diário de Leiria, 23 SET 2020 | QUARTA-FEIRA| 

 

Rua Trindade Coelho nº8
Apartado 1109
2401-801 Leiria