Plano de Atividades e Orçamento para 2019 da Misericórdia de Leiria aprovado por unanimidade.

Assembleia Geral da Misericórdia de Leiria, apreciou e aprovou, entre vários pontos da ordem de trabalhos, o Plano de Atividades e Orçamento para 2019.

O Provedor da Misericórdia, Eng. Carlos Poço, refere que o documento aprovado “reflete a afirmação da mudança que estamos a implementar, é um documento com ambição e que pretende reforçar a dinâmica impressa em 2016, 2017 e 2018 nas diversas valências da Santa Casa da Misericórdia de Leiria, aumentando e melhorando os serviços prestados aos utentes, continuando a Instituição focada no seu objetivo de gerir melhor para apoiar mais”.  

Em termos gerais, o orçamento prevê um resultado liquido positivo de aproximadamente 430 mil euros, para o efeito prevê-se um aumento dos rendimentos suportados no reforço do aumento da atividade do Hospital D Manuel de Aguiar, bem como, o aumento considerável do cash flow na ordem dos 806 mil euros, “Trata-se de orçamento ambicioso que obrigará a uma gestão criteriosa. Tal como fizemos em 2017, envolvemos todas as chefias da Instituição na elaboração deste documento, este compromisso coletivo, entre mesa administrativa, administração, chefias e restantes técnicos, promove a partilha de metas a atingir, levando a bom porto o cumprimento dos objetivos que definimos”, referiu o Provedor da Misericórdia.

O Provedor, fez um pequeno balanço, perante os presentes, dos últimos três anos, lembrando a forma como iniciou o mandado “a imagem da Instituição estava muito debilitada fruto das dificuldades financeiras que se vinham a degradar de forma significativa nos últimos tempos. Colocar as contas em dia foi o primeiro grande desafio. Nos dois primeiros anos introduzimos um conjunto de alterações organizacionais indispensáveis para a necessária mudança de rumo da Instituição. Podemos afirmar que 2018, foi o ano de reforço da estratégia definida, mas também o ano de preparação para o futuro”.

Durante a sua intervenção de apresentação do documento o Provedor salientou que “hoje é indiscutível a forma como a Santa Casa da Misericórdia de Leiria se afirmou junto da comunidade. Credibilizámos a Instituição, abrimos a Instituição à nossa comunidade que confia muito mais nos serviços que diariamente colocamos ao dispor da população. Gerir melhor, permitiu que em 2018, que pela primeira vez na história da Instituição, o Hospital D Manuel de Aguiar deixou de ser o grande consumidor dos recursos da Instituição e começou a obter resultados positivos. Estamos desta forma a conseguir cuidar mais e melhor de quem mais precisa”.

O documento foi submetido a apreciação e foi votado por unanimidade.

Rua Trindade Coelho nº8
Apartado 1109
2401-801 Leiria

Newsletter

Mantenha-se a par das novidades.

* Aceito a Política de Proteção de dados.